Biologia

Turma 2019.1

Faça aqui o download da placa na melhor resolução disponível.

Fotos

Vídeos

Mensagem dos Formandos

DISCURSO GERAL DAS TURMAS CONCLUINTES 2019.1 Boa noite! Meus cumprimentos ao Magnífico Reitor da Universidade Estadual da Paraíba, o Professor Dr. Antônio Guedes Rangel Júnior, em nome de quem saúdo os demais Pró-reitores, Diretores de Centro, os Coordenadores de Curso, os Chefes de Departamento, os professores da instituição e a todos os convidados. Meu cumprimento especial aos nossos pais, familiares e amigos que aqui vieram participar deste momento que representa para nós uma grande conquista pessoal e profissional. É muito difícil chegar aqui representando os formandos de 30 cursos, dos Campi I e II, de diferentes áreas, e transmitir em algumas palavras o esforço feito nessa caminhada de anos de muita luta. Estamos aqui em centenas. Centenas de pessoas, de famílias, de sonhos. Neste momento todos/as de beca, ao olho externo podemos parecer tão iguais, mas a verdade é que cada um de nós carrega suas próprias marcas, feridas e histórias. A verdade é que somos muito diferentes. Somos o jovem que deu de cara com a vida, com a responsabilidade, com o compromisso. Somos a mãe e o pai de família que minguou o já pouco tempo de convivência com os filhos em prol dos estudos. Somos o filho que saiu do conforto e acolhimento da casa dos pais aos dezesseis/dezessete anos para morar em uma cidade estranha, aonde não conhecia uma pessoa sequer. Somos aquele que contou as moedas para conseguir comprar um livro, tendo que aprender a se virar na cozinha, a dividir o mesmo teto com outros que nunca viu na vida. Somos aquele que dependeu da generosidade de outrem; que vendeu docinho ou peças de artesanato nos corredores da Universidade; que dependeu de bolsas de auxílio estudantil para conseguir manter-se. Somos a mulher que cumpriu oito horas diárias de expediente e, apesar do cansaço, correu para a Universidade para assistir mais quatro horas de aula, até finalmente conseguir chegar em casa. Somos o homem que esperou os filhos adormecerem para conseguir estudar madrugada afora. Somos aquele que enfrentou horas diárias no trajeto vindo de outras cidades em ônibus desconfortáveis. Transporte que em alguns dias faltou ou quebrou, impossibilitando a presença em aula. Somos lágrimas de desespero, devido a correria, a preocupação com notas e disciplinas. Às vezes, o semblante pesado de preocupação com o amanhã. Somos todas essas e tantas outras dificuldades e lutas. Apesar dos obstáculos, somos também as conversas revitalizantes, as risadas extravagantes e o apoio coletivo. A verdade é que somos os amigos. A amizade, muitas vezes, não durará para sempre, mas enquanto convivemos sob o teto da nossa Universidade, nós seremos a família que acolhe, ajuda, corrige e ampara. Somos uma família. Nossas diferenças nos unem em uma só voz, em uma só história. Por isso, juntos somos o passado, o presente e o futuro. Nas lutas, na fé e na esperança. Hoje, com o riso frouxo, diante dos olhares felizes e corações orgulhosos, podemos ter a certeza, que somos conquista, a vitória. A vitória dedicamos à nossa UEPB que segue resistindo no seu papel de formação do povo paraibano, graças ao esforço de extraordinários profissionais que se dedicam em nome do amor pela educação. Graças a todos, professores e funcionários, nossa Universidade é referência não só em ensino, pesquisa e extensão, mas também na formação da cidadania, no sentido mais abrangente da palavra. Hoje saem formados daqui profissionais juramentados de cumprir eticamente a sua profissão. Prontos e capazes de atuar no competitivo mercado de trabalho, conscientes de nosso papel de cidadãos pensantes, críticos, éticos e humanos. O grande mestre Paulo Freire disseminou o seguinte pensamento: “Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo.” Em nós foi investido o conhecimento científico, e, portanto, sendo agora hospedeiros desse antídoto contra a ignorância, cabe-nos transformar o mundo com o nosso conhecimento. É nossa missão, não importa a nossa idade. Para o dia de hoje com a mente fervilhando de lembranças e o coração cheio de emoção, resta-nos os mais sinceros e demasiados agradecimentos. A princípio, agradeceremos a Deus, a Oxalá, a Tupã, a Alá, a Bramam, a Buda, a Ngana Zambi, a Zeus e a outras tantas divindades, conforme a fé de cada um alcançar. Agradecermos aos nossos país, ou a quem assim ocupe a função de sustentáculo da nossa constituição moral, contribuindo sobremaneira para essa conquista. Aos nossos familiares, filhos, irmãos, amigos, que seguraram nossa mão nos momentos mais difíceis e celebraram conosco este dia feliz. Agradecemos a todos os professores, técnicos e funcionários diretos ou indiretos da Universidade que nos auxiliaram nesse processo e nos deram as ferramentas necessárias para o desenvolvimento do nosso aprendizado. Agradecemos a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) por nos dar asas, fazendo-nos capazes de alçar voos cada vez mais altos. Deixamos registrado nessa solenidade, a nossa preocupação e apelo para que os governantes das esferas federal e estadual, zelem pela nossa Universidade. As singelas palavras deste discurso, encerram-se com um trecho do poema de Fernando Sabino: “(...) Mas sei que hoje Se encontram meu passado, futuro e presente. Hoje sinto em mim a emoção da despedida. Hoje é um ponto de chegada e, Ao mesmo tempo, ponto de partida” Nós formandos estamos de parabéns. Merecemos todos os holofotes desta noite e todo o sucesso para a vida inteira. Obrigada!

Voltar para a Home